Sobre o Inumeráveis

Osvaldo Machado Júnior

1957 - 2020

Anestesista admirado e respeitado, sua maior habilidade era despertar sorrisos.

Osvaldo significa "o poder dos deuses". E decerto ele o tinha, pois foi um profissional da saúde que lutou bravamente na linha de frente da guerra contra a covid-19.

Osvaldo foi um admirado e respeitado anestesista em Santos, onde nasceu. Apesar de ter como especialidade o anestesiar, a sua principal habilidade era a de despertar sorrisos com o seu jeito brincalhão e afetuoso.

Quando chegava para mais um plantão no hospital em que trabalhava, logo encontrava motivo para soltar o seu conhecido bordão "Perdeu o respeito!", em resposta às brincadeiras feitas pelos colegas — que o chamavam de Vadico. Na verdade, nada se perdia: ganhavam-se risadas recíprocas.

A sua maneira de ser lembrava um personagem querido da ficção. "Ele não era exatamente uma pessoa meiga e delicada, estava mais para um Shrek. Por fora parecia ser um ogro, mas por dentro tinha um coração grande e bondoso", conta a amiga e colega de profissão Juliana.

A trajetória de Osvaldo mostra um homem muito trabalhador e cheio de sonhos, sendo o maior deles o de ver formadas as suas filhas Thais, Camila, Juliana e Mariana. E é como uma pessoa dedicada, sonhadora e querida que permanecerá no coração delas, da esposa Célia, do neto Pedro e de todos os seus amigos.

Osvaldo, que carregou no nome a força dos deuses, para sempre será lembrado como personagem de uma história divina.

Osvaldo nasceu em Santos (SP) e faleceu em Santos (SP), aos 63 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela amiga de Osvaldo, Juliana Menezes Souza Pessoa. Este tributo foi apurado por Michelly Lelis, editado por Luciana Fonseca, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 23 de julho de 2020.