Sobre o Inumeráveis

Oswaldo de Jesus

1941 - 2020

Todos os dias, ele acordava antes de todo mundo e cortava as frutas para o café da manhã.

O estivador Vado nunca via maldade nos outros. Achava que devia-se relevar e ter paciência com as pessoas, antes de reclamar. Gostava de ajudar: fazia trabalho voluntário na Santa Casa de Santos, e auxiliava, com fisioterapia, amigos impossibilitados em suas casas.
Era a pessoa mais gentil, amorosa, correta e respeitosa que a filha Rosângela conheceu. Ela o chamava de “meu gatinho”.

Quando ela, a mãe e a irmã Rosane levantavam para trabalhar de manhã, encontravam a mesa do café pronta e as frutas cortadinhas nos pratos de cada uma. “Ele deixava tudo em ordem e depois voltava pro quarto. Esperava a gente chegar e só então almoçava”, conta ela.

Oswaldo nasceu em Santos (SP) e faleceu em Santos (SP), aos 79 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Oswaldo, Rosângela. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ticiana Werneck, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.