INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Paranaguá (PR)

Emerson Costa, 44 anos

Sabia como poucos unir duas grandes paixões: pagode e seu amor por Cristo.

Ester Pereira da Silva, 41 anos

Amava gente, por isso escolheu como profissão ser uma técnica de enfermagem.

Graziele Palmeira Alves de Paula, 37 anos

Pra estudar música, ia à igreja todas as tardes, de bicicleta, para as aulas — fizesse chuva ou sol.

Miria Dalfovo Cicarello, 63 anos

Era alegre e gostava de festa. Não perdia um baile dos anos 70.

Raquel da Silva Ferreira, 47 anos

Cantava o amor em tons suaves e reais. Foi um exemplo de determinação, garra e bondade.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa