Sobre o Inumeráveis

Paulo Roberto Ramos

1963 - 2020

Brincalhão, ele queria ser criança para sempre.

Paulo Roberto será lembrado por suas brincadeiras. Como um Peter Pan nortista, ele não queria crescer. “Queria ser criança para sempre”, diz a irmã Valeria. Talvez essa seja uma explicação para a razão dela não conseguir destacar uma história dele. “A infância dele foi tão rica, renderia infinitas histórias”.

Mas a vida adulta chegou, e nela ele foi um verdadeiro “faz tudo”, com destaque para as atividades que exerceu por mais tempo como motorista, camelô e borracheiro. Viajar era o que ele mais gostava de fazer, ao lado da esposa Sarah, sua eterna morena, e seus filhos. Sua risada e seu amor pela família jamais serão esquecidos.

Paulo nasceu em Belém (PA) e faleceu em Belém (PA), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela irmã de Paulo, Valeria do Socorro Ramos. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ticiana Werneck, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.