Sobre o Inumeráveis

Paulo Rogério Segatto

1955 - 2020

Ele fez do mundo a sua família. Axé!

Os orixás avisaram que o espírito de luz ia chegar. Foi pai de todos, padrinho Juruá. Dividiu com Deus o mesmo lar. Perfeccionista, entregou sua vida inteira à espiritualidade. A paixão pela Umbanda se traduziu em mais de dez livros. "Deus sabe o que faz", disse Paulo com razão. Até porque não existe pai Juruá sem Mãe Thereza, que havia feito a passagem poucos dias antes do filho. Estrela Azul, o templo que dirigia, hoje chora, mas carrega a certeza da eternidade de sua presença. Da gargalhada contagiante que continuará a ser ouvida. Das histórias divertidíssimas que serão lembradas. Do bom humor que o preenchia. Quem faz da própria vida o amor ao próximo será sempre guia a nos amparar.

Paulo nasceu em Santo André (SP) e faleceu em Santo André (SP), aos 64 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo amigo de Paulo, Acácio. Este texto foi apurado e escrito por Mariana Couto, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.