Sobre o Inumeráveis

Raimundo Augusto de Jesus Belém

1956 - 2020

Sempre dizia aos seus filhos “te amo tanto, tanto, que nem sei o quanto”. Sonhava falar isso para futuros netos.

Nos ensinou o amor mais puro.

Foi exemplo de dedicação, amor e do poder que existe num sorriso afetuoso.

Ensinou a ser emoção. Costumava falar que "o amor não se mede por palavras que o vento leva, porém, nas atitudes diárias e na convivência".

Foi um funcionário público dedicado e competente por quarenta anos no INSS, estava aposentado há menos de um ano, iniciando novos projetos e uma nova vida.

Ele jamais duvidou da presença de Deus.

Continuaremos juntos nas infinitas lembranças, repletas de carinho, emoção e muito amor. Pra sempre, saudades. E te amo.

Raimundo nasceu em Parintins (AM) e faleceu em Manaus (AM), aos 63 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Flávia Campos, a partir do testemunho enviado por filha Laís Belém Mota, em 11 de maio de 2020.