Sobre o Inumeráveis

Rodrigo Liguori

1984 - 2020

Chegava do trabalho anunciando aos gritos sua presença em casa. Amava carros e motos. Não à toa, era motoboy.

Todos os dias, já do quintal, Digão noticiava aos berros a sua chegada para a família e nenhum vizinho deixar de ouvir.

A sobrinha Fernanda conta que ele gritava muito, estava sempre fazendo barulho e animando a casa.

“Melhor pessoa que eu já conheci”, diz ela, lembrando do tio.

Se não foram os decibéis a mais que lhe garantiram o apelido no aumentativo, foi seu jeito brincalhão e carinhoso que lhe alçou ao posto de querido por todos.

Digão estará para sempre na memória dos que o conheceram.

Rodrigo nasceu em São Bernardo do Campo (SP) e faleceu em São Paulo (SP), aos 36 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Rodrigo, Fernanda. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Mariana Quartucci, revisado por Luiza Carvalho e moderado por Rayane Urani em 4 de junho de 2020.