Sobre o Inumeráveis

Roger Queiroz

1999 - 2020

Inteligentíssimo, tinha passado em dois vestibulares e até se arriscava na bolsa. O dinheiro era para ajudar um morador de rua.

Viveu a alegria e a construção de seus sonhos. Nascido em São João de Meriti, no Rio de Janeiro, Roger planejava "ter uma profissão e ajudar os mais necessitados".

"Tudo que ele pegava para estudar, ele aprendia", conta a amiga Giuliana, que em seu depoimento enfatiza o quanto o amigo era muito incrível e inteligente, elencando: "Ele passou em Direito com a nota do ENEM, passou na AFA, a Academia da Força Aérea, e ainda estava se dando bem na bolsa de valores!"

Os primeiros lucros dos investimentos de Roger na bolsa já tinham destinação certa: ajudar um morador de rua que ele conhecia. "Ele queria deixar um legado de bondade."

Filho, irmão, sobrinho, amigo, amor da vida da Vick. Aquele que todos queriam estar perto. Se ele faltasse a algum evento, logo começavam as perguntas: "Cadê ele? Ele vai vir?"

Ele não encontrava dificuldades para estar com a família e os amigos. Fazia churrasco como ninguém, Giuliana afirma que Roger preparava "a melhor carne do mundo". A amiga acrescenta que "se o assunto fosse comer, ele chegava em um minuto".

Giuliana, a quem ele carinhosamente chamava de Fofinha ou Giugiu, encerra assim sua homenagem: "Dono de um sorriso lindo e de uma gargalhada maravilhosa! Sua família e a nossa família se tornaram uma, por causa de você. Obrigada pela sorte da sua presença em nossas vidas! Vou continuar a levar a Vick para comer aqueles lanches que você amava".

Roger nasceu em São João de Meriti (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 20 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela amiga de Roger, Giuliana Fernandes de Freitas. Este tributo foi apurado por Beatriz Maia, editado por Thaíssa Parente, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.