Sobre o Inumeráveis

Ronaldo Missick Guimarães

1944 - 2020

Dono de um coração enorme, sempre feliz e muito solícito, tinha gostos simples e paixões declaradas.

O sobrenome "Missick" o acompanhou como nome desde os tempos de escola mas, foi muito conhecido também pelo seu amor à esposa e à família.

Conheceu Marilena, sua esposa, na Caixa Econômica Federal, onde trabalhou durante toda a vida como economiário. As bodas de 50 anos de casamento estavam sendo planejadas e a linda comemoração linda aconteceria no próximo ano. Ele sempre foi doce e muito carinhoso. Era calmo e tranquilo e em 49 anos de casamento, nunca discutiu com a esposa que era muita amada por ele. O casal apaixonado se manteve de mãos dadas até o final.

Amado pelos filhos Gustavo e Priscila e pelos netos Matheus, Patrick, Thiago e Emily. Querido por todos, tinha muitos amigos: o atendente da padaria que o adorava, os porteiros do nosso prédio, os jornaleiros do bairro, o rapaz da quitanda e os feirantes recebiam sempre seus cumprimentos e gentilezas.

Apaixonado por carros, nos tempos livres assistia programas sobre eles, fazia palavras cruzadas e lia tudo o que podia. Sua paixão por carros era tão grande que, mesmo quando estava em situação financeira apertada, fazia questão de trocar de veículo todos os anos, mesmo que fosse por um outro já usado.

Também era amado pelos bichos, mesmo sem ter nenhum em casa. Aves pousavam em seu braço, cachorros vinham até ele pedir carinho, gatos arredios se aproximavam como se o conhecesse.

Mesmo podendo viajar pelo mundo, preferia retornar à Fortaleza, seu destino amado e frequentava o mesmo hotel, revisitava as mesmas praias e saboreava as mesmas comidas. Era encantado pela simplicidade do cotidiano.

Amoroso e muito amado, será eterno no coração de seus familiares e amigos e na memória daqueles que guardam alguma história com ele.

Ronaldo nasceu em Niterói (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 75 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de Ronaldo, Gustavo Guimarães. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Weslley Carvalho, revisado por Rosana Forner e moderado por Rayane Urani em 31 de maio de 2020.