Sobre o Inumeráveis

Socorro Maria Albuquerque

1967 - 2020

Pessoa dotada de virtudes e que se dedicou à educação de sua cidade, Coreaú.

Ainda jovem, em busca de melhores condições de vida, mudou-se com os pais e os irmãos para o município de Coreaú. Já nesta época, mostrava a sua predestinação para o estudo, sendo visível a inteligência e a capacidade que ela possuía.

Encontrou sua vocação na pedagogia, tendo feito a graduação, três especializações e um mestrado. Acumulou conquistas, todavia, estas conquistas não eram meramente pedaços de papel, pois Socorro utilizou cada conhecimento que adquiriu em sua vida acadêmica em prol da educação do povo de sua cidade.

Assumiu vários cargos na educação de Coreaú, e desempenhou cada um deles com amor e dedicação. Poucos possuem a oportunidade de trabalhar com o que amam; Socorro abraçou esta oportunidade e fez tudo o que estava em seu alcance pela educação municipal.

Com as várias funções que ocupou, pôde fazer grandes amizades com seus colegas de trabalho com quem compartilhava as conquistas. Iluminada do jeito que era, ganhou rapidamente o respeito de todos eles com seu carisma e sua motivação.

Entretanto, embora vários de seus sonhos estivessem ligados à educação, o maior de todos foi, sem dúvida, tornar-se mãe de Saulo, seu único filho, a quem dedicou amor, carinho e companheirismo.

Era filha atenciosa, mãe amorosa, amiga fiel, profissional competente, lutadora incansável, dotada de fé e uma referência para todos que a conheciam.

Socorro nasceu em Moraújo (CE) e faleceu em Sobral (CE), aos 53 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo compadre e colega de trabalho de Socorro, José Mário Moreira. Este tributo foi apurado por Thaíssa Parente, editado por Diego Eymard, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.