INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Sobral (CE)

Edinardo Uchôa Costa, 73 anos

Ele adorava sentar nos corredores do hospital e ouvir as anedotas dos seus colegas e demais funcionários.

Francisca Cionilde Andrade Carneiro, 71 anos

Para além da profissão que amava, o amor maior de Francisca era mesmo por sua família.

Francisco Ferreira do Monte, 54 anos

Um herói. Sua maior virtude era a bondade.

Francisco José Ferreira Sousa, 55 anos

Gostava tanto de brincar que até mesmo quando a mãe lhe perguntava como ele estava, Franzé respondia: "Estou bom e gordo".

Gertrudes Maciel Melo, 90 anos

Mulher forte, criou muitos filhos. Adorava contar causos, cozinhar e costurar. Seus laços são de aço.

José Gonçalo de Araújo, 70 anos

"Deus te dê felicidade", dizia sempre que lhe pediam a benção. E assim, além de abençoados seriam felizes.

José Pinheiro da Silva, 77 anos

Numa bela sinfonia, forrozeou com sua luz e sorriso.

Lisângela Kelly Melo Ponte Avelino, 35 anos

Tinha um sorriso contagiante, que transmitia paz e alegria.

Luís Alberto do Nascimento Barros, 51 anos

Sempre sorrindo, sua alegria era tanta que contagiava todos que estavam ao seu redor.

Maria de Lourdes Silva Oliveira, 85 anos

Enfermeira, exemplo de ser humano e solidariedade, misto de fortaleza e doçura, foi verdadeiro anjo na Terra.

Maria do Carmo Mesquita Veras Gomes, 60 anos

A dona da calçada da fama! Alegre, sorridente e, acima de tudo, altruísta.

Raimundo Aguiar de Sousa, 80 anos

Orgulhoso da profissão, foi exemplo pelas atitudes pautadas pela ética e moral dentro e fora de seu comércio.

Rita Lima Gomes, 55 anos

Uma borboleta com a alma linda!

Socorro Maria Albuquerque, 53 anos

Pessoa dotada de virtudes, que se dedicou à educação de sua cidade, Coreaú.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa