Sobre o Inumeráveis

Urbano do Amaral Silva

1951 - 2020

Professor de matemática, somava amizades e multiplicava amor por suas netas.

Urbano foi professor de matemática, mas os cargos que mais lhe deram orgulho em vida foram os de pai, avô e amigo. Era “amigo de todos”, conforme conta sua filha Márcia, que hoje carrega memórias do pai com seus três irmãos.

Além de sua afinidade com os números, Urbano gostava dos enigmas com as letras e costumava ser visto com um caderninho de palavras cruzadas em mãos. Ou com uma vara de pescar, para os momentos de tranquilidade frente às águas da natureza, que tanto admirava.
Continuava com o corriqueiro hábito de jogar na loteria, apesar de já ter ganhado os prêmios mais valiosos que poderia imaginar: suas netas.

“Um pai maravilhoso, um avô excepcional”, recorda cheia de amor, sua filha Márcia.

Urbano nasceu Juriti (PA) e faleceu Manaus (AM), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Júlia Palhardi, em entrevista feita com filha Márcia, em 20 de maio de 2020.