Sobre o Inumeráveis

Valdelício Cardoso dos Santos

1939 - 2020

Bem-humorado, era a alegria da festa. Gostava de ajudar o próximo, tomar uma cerveja gelada e comer abacaxi.

Foi motorista, caminhoneiro e mestre de obras. Nicinho, para os íntimos, era muito querido pelos filhos, amigos e familiares “Os filhos gostavam dele, pois não tinha um olhar acusatório”, conta a sobrinha Cristiane. Do casamento com Maria Renildes, gerou uma grande família: 14 filhos, 31 netos e 26 bisnetos.

Era um octogenário que não aparentava a idade. Seu bom humor contagiava quem estivesse ao lado e tinha sempre boas histórias para contar. Era o mais tranquilo da família, não esquentava a cabeça e nem se preocupava por qualquer coisa.

Se quisesse animar uma festa, era só chamá-lo. Todo ano comemorava o próprio aniversário, com a justificativa de não saber se estaria aqui para festejar no ano seguinte. Em 2020, devido à pandemia, fez um almoço mais simples.

Não era um homem religioso, era prático, gostava de ajudar o próximo. “Se um filho ou um neto precisasse de ajuda, ele ajudava e pronto”, lembra a sobrinha. Segundo a filha Maria Cristina, “sempre foi um ótimo conselheiro, nunca demonstrava suas fraquezas, pois sempre teve o controle de tudo”.

Ouvia músicas antigas de Roberto Carlos e Agnaldo Timóteo. Quando podia, tomava uma cerveja gelada, amava a natureza e comer abacaxi. Gostava tanto dessa fruta que Maria Cristina sempre se recorda do pai quando compra um abacaxi.

Quando a ambulância foi buscá-lo, Nicinho disse à filha que não retornaria para casa. Para a sobrinha, "Ele sabia o que estava por vir. Partiu com leveza de alma e sabedoria”. Segundo Maria Cristina, “Um homem que fez os anjos darem muitas risadas e pular de alegria com sua chegada ao Céu”.

Valdelício nasceu em Ilhéus (BA) e faleceu em Ilhéus (BA), aos 81 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha e pela filha de Valdelício, Cristiane Oliveira de Andrade e Maria Cristina Santos de Oliveira. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista , revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 24 de dezembro de 2020.