Sobre o Inumeráveis

Wilson da Costa

1936 - 2020

Foi homem de uma palavra só. Um ser único. Um vencedor.

O agricultor rural e funcionário público estadual Wilson só falava balançando os braços. Era um contador de histórias vividas no interior, principalmente aquelas que se passavam na cidade em que nasceu, Coari (AM).

Nas horas livres, gostava de praticar esportes, assistir futebol na TV e passar o dia em sítios. Foi uma pessoa excepcional. “Todos o admiravam por sua integridade e senso de justiça. Era aquele amigo 'pra toda obra'”, comenta a filha Maria José.

Foi casado com Maria Falcão falecida por 50 anos. Com ela, teve os sete filhos José Evangelista, Afonso, Maria José, Maria das Dores, Maria do Socorro, José Wilson e Maria de Fátima.

Quando mais jovem, trabalhando como agricultor rural, passava meses colhendo castanhas no meio da floresta amazônica, com a família. Em uma dessas colheitas, perdeu o filho Afonso, que foi enterrado na floresta. Com fé em Deus, seguiu sua vida.

Wilson nasceu Coari (AM) e faleceu Manaus (AM), aos 84 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Ticiana Werneck, em entrevista feita com filha Maria José da Costa Santos, em 20 de maio de 2020.