INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Itapemirim (ES)

Cycero Moreira Coelho, 80 anos

Ele tinha o dom da música e o de ser feliz. Para ele, tudo era motivo pra tirar a viola da capa e tocar.

Helvécio Corrêa Reis, 80 anos

Demonstrava seu amor com simples gestos, como quando fazia uma comidinha e levava um pratinho para os netos.

João Batista Finotti, 65 anos

Avô amoroso que deixou a dedicação à família e o amor ao trabalho como exemplos.

José Cleber Motta Junior, 38 anos

Dotado de um instinto protetor e de um incrível senso de amor ao próximo, tentava fazer deste mundo um lugar melhor.

Luíz Carlos Farias, 67 anos

Amava a família tanto quanto amava o amigo oculto de fim de ano.

Rozemari Ribeiro Sales Silva, 61 anos

Seus sete filhos eram sua vida. Costumava dizer que eles eram os melhores que alguém poderia ter.

Sebastião Moreira de Souza, 73 anos

Um construtor de mão-cheia. Era festeiro, feliz e de bem com a vida.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa