INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Coronel Fabriciano (MG)

Ana Inácia Gonçalves, 77 anos

Seu coração era do tamanho do mundo. Fazia sua neta se sentir especial, bonita e amada.

Geni da Silva Valeriano, 78 anos

Seu companheirismo e dedicação à família deixaram saudades.

Wilson Valeriano da Silva, 80 anos

Cantarolando por aí, deixava a tristeza de lado e levava sorrisos e alegria por onde passava.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa