INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Foz do Iguaçu (PR)

Ana Gomes de Souza, 71 anos

Quando seu neto nasceu, ela ia vê-lo todos os dias, sempre com um presentinho.

Antonia Afonso Ariano, 78 anos

Por onde Tunica passou, ficava a saudade de seus bolos, doces, coxinhas e cafezinhos.

Aparecida Espina Burghetti, 84 anos

Costumava sentar-se embaixo do pé de manga do quintal de sua casa na rua Mamoré.

Carlos Alberto Lino, 57 anos

Um eterno apaixonado que amava escutar Roberto Carlos, apreciar vinhos e sair para pescar.

Raimunda Assunção Sena de Jesus, 63 anos

Amava ajudar, fosse em atos ou com palavras.

Renor Bertoldi, 52 anos

A personificação do acolhimento; era o pai que sabia exatamente o que dizer, fosse nos momentos de alegria ou de aflição.

Talita Mariano de Aguiar, 27 anos

Tinha uma valentia de tirar o fôlego, e um tempero de dar água na boca.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa