INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Sertãozinho (SP)

Aparecida da Silva, 64 anos

Vaidosa, sonhadora e dona de um lindo sorriso. Adorava um binguinho; onde tinha bingo, ia com as amigas.

Donizeti de Melo Balbino, 51 anos

Teve amores, mas nunca se casou. Ou melhor, casou-se com a música, com seu violão.

Durvalina Balco Maria, 86 anos

Alegre, amorosa, forte e lindamente desbocada.

Luís Carlos Garcia, 62 anos

Levava muito a sério a missão de dar uma vida digna a todas as pessoas da região periférica de Sertãozinho.

Maria José dos Santos, 73 anos

Cheia de habilidades, deixou na vida de cada conhecido uma peça de crochê.

Valéria Andrucioli, 55 anos

Seu coração a permitia ser mãe de milhares ao mesmo tempo.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa