INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Sertãozinho (SP)

Aparecida da Silva, 64 anos

Vaidosa, sonhadora e dona de um lindo sorriso. Adorava um binguinho; onde tinha bingo, ia com as amigas.

Donizeti de Melo Balbino, 51 anos

Teve amores, mas nunca se casou. Ou melhor, casou-se com a música, com seu violão.

Durvalina Balco Maria, 86 anos

Alegre, amorosa, forte e lindamente desbocada.

Luís Carlos Garcia, 62 anos

Levava muito a sério a missão de dar uma vida digna a todas as pessoas da região periférica de Sertãozinho.

Valéria Andrucioli, 55 anos

Seu coração a permitia ser mãe de milhares ao mesmo tempo.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa