INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Taubaté (SP)

Adriana Milharezi Abud, 53 anos

De boa conversa, humor inteligente e perspicácia ímpar, trazia leveza aos mais diversos assuntos

Maria Alves dos Santos, 78 anos

Gostava de ter a casa cheia de gente e se alegrava dançando. Tinha um espírito acolhedor.

Maria das Graças de Sousa Rangel, 55 anos

A tia mais querida que costumava agradar a todos com suas guloseimas.

Marles Leite Lopes, 78 anos

Tudo o que ela plantava ia pra frente, conseguia recuperar plantinhas que já estavam dadas como perdidas.

Pedro Fortes da Silva Filho, 68 anos

Trazia a força no sobrenome e carregava no peito um coração generoso e sonhador.

Rute Aparecida de Jesus Fernandes, 59 anos

Nenhum problema era grande o suficiente, que ela não pudesse resolver com um sorriso no rosto.

Sebastião Crésio da Silva, 83 anos

A medicina o inspirava a cuidar de si e do próximo.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa