INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Resende (RJ)

Benito Allex Gama, 53 anos

Podia ser feliz em um chalé na roça ou numa viagem ao Egito porque era feliz de verdade.

Carmem Silvia Ramos Pinto Correia Tavares da Silva, 64 anos

Todos os dias tinha que ter um docinho para beliscar, era sagrado.

Elisete de Fátima Oliveira Ávila, 59 anos

A alegria e o som de sua gargalhada escandalosa eram inconfundíveis.

Felipe Marques, 39 anos

Neste universo em multiversos, a bondade reluzia no castanho de seus olhos e a alegria no riso fácil e sincero.

Lucas de Oliveira Couto, 78 anos

Sua companhia era tão aconchegante que bastava alguns minutos ao seu lado, para logo abrir um sorriso.

Luiz Donizete de Oliveira, 55 anos

A vida de superações o tornou um homem apaixonado pelas coisas simples, como ganhar carne pro churrasco.

Luiz Rogério Frech da Silva, 65 anos

Era fácil reconhecer Luiz Rogério: ele estava sempre com uma fruta na mão.

Ruth Cândida de Almeida, 81 anos

Cuidava das pessoas, dos animais e das plantas. Para ela, toda forma de vida importava.

Wanyr Ribeiro Vianna, 81 anos

Seus olhos eram azuis e verdes, ao mesmo tempo. Aqueles eram os olhos mais lindos do mundo!

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa