INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Nova Friburgo (RJ)

Arthur Pereira de Paula, 67 anos

Gostava de ouvir Fagner, Benito di Paula; de conversar em barzinhos e de ver o Flamengo jogar.

Humberto José dos Santos Damasceno, 80 anos

Sua vida no mar foi marcada por servir em embarcações emblemáticas.

Jonas Barbosa do Espírito Santo, 54 anos

"É uma ideia meio louca, mas pode contribuir para um futuro melhor", dizia ele, um ativista visionário.

José Geraldo Casalli Cruz de Oliveira, 55 anos

Romântico à moda antiga e o maior incentivador da família.

Manoel Medeiros Coelho, 62 anos

Dizia que não podemos perder as oportunidades de abraçar ou beijar quem amamos, pois elas não voltam.

Marilda Farias Lopes, 75 anos

Com suas mãos habilidosas dava forma a lindos chaveiros e bonequinhas, sua especialidade.

Marusa Camilla Farias Lopes da Cunha, 50 anos

Para ela, sonho realizado precisava ser comemorado com as pessoas queridas, numa grande festa.

Valdenir Lopes, 79 anos

Era chamado de Tio Nini até por quem não era sobrinho. Passava na rua assobiando e cumprimentando todo mundo.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa