INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Valinhos (SP)

Ana Maria das Neves Borba, 71 anos

Sabia tudo de futebol e amava estar no seu cantinho assistindo aos programas de esporte na TV.

Aroldo Jaques Garcia, 51 anos

Alegrava os encontros com suas piadas, ninguém resistia e todos acabavam caindo na risada junto com ele.

Eunice Mandu da Silva Garcia, 71 anos

Primogênita de oito irmãos, cuidava de todos com carinho maternal, e de quem mais precisasse dela.

Ricardo Rodrigues de Queiróz, 55 anos

Obreiro zeloso na sua igreja, não poupava sacrifícios para servir a Deus e para atender a quem o procurasse.

Valter de Oliveira Costa, 50 anos

"Vai em casa domingo, comprei um barril de chope, vou assar uma carne. Não precisa trazer nada!", dizia Casquinha.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa